Cuidados necessários aos portadores de doença renal crônica e transplantados em tempos de Coronavírus

Publicado em 23 de março de 2020 por SMN.

Cuidados doentes renais crônicos contra o coronavírus

De acordo com a última atualização de casos do Ministério da Saúde, já são 1.891 casos de coronavírus (Covid-19) com 34 mortes confirmadas (23/03) no Brasil. Em se tratando de doentes renais crônicos e transplantados renais, quais as implicações da doença? Pensando nisso, a Sociedade Mineira de Nefrologia traz algumas orientações aos pacientes em hemodiálise, diálise peritoneal e transplantados renais para se prevenirem nesse momento.

Sou paciente de hemodiálise como posso me cuidar?

  • Em primeiro lugar é importante que os pacientes em hemodiálise continuem fazendo seu tratamento, mantendo a mesma frequência e duração.
  • Sigam as recomendações de higienização e evite contatos físicos desnecessários.
  • Seja responsável e comunique seu centro de diálise caso apresente febre, tosse ou outros sintomas gripais, para que todos os procedimentos de segurança para você e seus colegas sejam tomados a tempo.

Faço diálise peritoneal como posso me proteger com Coronavírus (Covid-19)?

  • Mantenha a aderência ao seu tratamento dialítico.
  • Em caso de febre, tosse ou outros sintomas gripais comunique seu médico.
  • Mantenha distanciamento social e a higienização adequada e proposta para todos.
  • Se tem consulta marcada mensal verifique com seu médico se ela poderá ser postergada.
  • Não use medicação sem prescrição médica.

Sou Transplantado Renal, como posso me proteger do Coronavírus?

  • Fique em casa: Todos receptores de transplante devem evitar aglomerações, viagens e eventos socioculturais.
  • Mantenha bons hábitos de higiene: Lave de forma frequente e rigorosa suas mãos com sabão, água e álcool em gel 70%
  • Evite contato físico desnecessário.
  • Evite comparecimento NÃO essencial ao ambiente hospitalar: Converse com seu médico sobre a possibilidade de adiar sua consulta de rotina ou faze-la de forma não presencial (tele orientação, tele interconsulta, tele monitoramento).
  • Mantenha uso das suas medicações: Apenas o médico pode reduzir ou suspender  suas medicações. Não pare ou reduza imunossupressores por conta própria.
  • Se tiver febre, tosse ou outros sintomas gripais comunique seu centro e siga as orientações.

Orientações técnicas complementares para nefrologistas, antes de segui-las é necessária orientação médica adequada.

© 2012 Copyright, todos os direitos reservados.
Sociedade Mineira de Nefrologia.
Design by Thiago Peixoto
Avenida João Pinheiro, 161 :: Centro
30130-183 :: Belo Horizonte/MG
T.(31) 3247-1616 :: nefrologia@ammg.org.br